BLOG

Como escolher o modelo de cortina certo

16/02/2017

Como escolher o modelo de cortina certo

Mais do que enfeitar os ambientes e completar a decoração, as cortinas também são responsáveis por bloquear a luz natural, afinal, nada pior do que ser acordado cedo com a claridade entrando pela janela do quarto, ou não conseguir ver seu filme favorito na sala de estar por conta de um reflexo na TV.

Para evitar essa luz toda nos momentos indevidos, a cortina é um elemento es

sencial, pensado nisso, preparamos um guia, que vai te mostrar os modelos de cortinas mais comuns do mercado para você não errar ao escolher a sua.

Cortinas de tecido

Onde usar: os modelos de cortinas de tecido são os mais comuns e também mais fáceis de usar em casa, são perfeitas para janelas grandes e pequenas e o tamanho da cortina pode fazer com que o espaço pareça maior. A escolha do tecido também é importante, materiais mais pesados e grossos tendem a deixar o cômodo mais escuro e aconchegante, mas também podem deixar seu ambiente parecendo pequeno. Tecidos leves são a escolha ideal para espaços pequenos.

Opções: a variedade de modelos de cortinas de tecido no mercado é bem grande, existindo opções para todos os bolsos e gostos. Além disso, você vai ter a liberdade de escolher qualquer tecido que quiser para fazer você mesmo uma cortina diferente, caso não encontre o que procura nas lojas.

Vantagens: além da variedade de tecido você também vai se deparar com um mundo de opções na hora de escolher os acabamentos. Existem os modelos de varão e os de trilho, que costumam ser escondidos pelo rebaixamento do teto. Também é possível definir se sua cortina de tecido vai ter laços, sistema wave e de qual material eles vão ser feitos. A manutenção é outra vantagem, para limpar, basta retirar os painéis de tecido e lavar.

Persianas

Onde usar: qualquer ambiente que você desejar! Já foi o tempo em que as persianas eram modelos de cortinas presos simplesmente aos escritórios. Em casa, é possível usar em espaços pequenos, ou em paredes que tenham móveis encostados.

Opções: os modelos mais comuns têm tamanhos padrões e cores mais neutras, em qualquer loja é possível encontrar persianas pretas, brancas e cinzas, por exemplo. Para as janelas de varanda, que vão do chão ao teto, existem os modelos verticais. Se a ideia é ter um modelo mais diferenciado, as lojas especializadas podem fazer peças sob medida, na cor e no tamanho da sua necessidade.

Vantagens: a limpeza também é facilitada se você usa persianas em casa, um pano úmido ou espanador já ajuda a tirar o pó. Outra vantagem é o preço, os modelos de cortinas do tipo persiana costumam ter um valor acessível até para quem não quer gastar muito.

Cortina rolô

Onde usar: a cortina rolô também é um tipo de persiana, sendo assim, também podendo ser usada em qualquer ambiente, onde a luz não é bem vinda. A diferença é que como esse modelo de cortina usa tecidos na sua composição, os modelos tendem a parecer mais finos, combinado também com projetos de decoração mais elegantes.

Opções: tal qual as persianas convencionais os modelos mais comuns tem cores básicas, mas é possível encomendar o modelo ideal com a cor e o tamanho que você precisa. Alguns modelos também têm proteção solar, ideal para proteger móveis, quadros e objetos de decoração de casa que podem sofrer desgastes, principalmente de cor.

Vantagens:  Os modelos de cortinas rolô são interessantes pois juntam a variedade e o toque agradável dos tecidos com a funcionalidade da persiana.

 

Fonte: Viva Decora